segunda-feira, julho 02, 2012

Conteúdos para alunos Baixa Visão

Aqui vai uma lista conteúdos (do AEE) para ser desenvolvido com o aluno Baixa Visão



Objetivo Geral

     Desenvolver de forma positiva nos educandos baixa visão a autonomia e independência ressaltando suas potencialidades visuais, fortalecendo a auto-estima através das interações, bem como ampliar sua capacidade funcional da visão explorando ao máximo seu potencial visual útil para a execução de tarefas.

Objetivo específico

     Ampliar o funcionamento visual até o mais alto grau possível de eficiência, com ou sem auxílio óptico através de um processo sequencial sistemático e gradativo de estimulação visual, conduzindo à aprendizagem visual.

Conteúdos a serem trabalhados com educandos Baixa Visão

  • Luminosidade – fixação/segmento visual 
  • Papel picado
  • Mosaico
  • Recorte com tesoura (livre, linhas, formas, gravuras)
  • Bordado
  • Alinhavo
  • Desenho livre
  • Contorno colorido
  • Pintura com pincel
  • Jogo dos 7 erros
  • Modelagem a partir de miniaturas
  • Réplica de pintores
  • Pontilhado/tracejado/ labirinto
  • Figura-fundo
  • Projeção de figuras através do retroprojetor
  • Uso da luz artificial da lanterna em diversos segmentos (sempre partindo do centro)
  • Esquema corporal – identificação/lateralidade/imitação de gestos simples e complexos
  • Cores
  • Percepção de linhas
  • Percepção de formas geométricas
  • Percepção de gravuras
  • Percepção de detalhes
  • Relação de igualdade e diferença
  • Sequência lógica
  • Coordenação viso motora
  • Motricidade ampla e fina
  • Discriminação figura-fundo/sombras
  • Orientação espacial/temporal/espaço-temporal
  • Grafismo: limite/traçado/ritmo
  • Colagem
  • Leitura
  • Orientação de mobilidade
  • Expressões faciais
  • Expressões de sentimentos
  • Conceito de imagem através do espelho
  • Atividades da vida diária
  • Estimulação dos sentidos remanescentes
  • Treino do recurso óptico
  • Uso da lupa eletrônica
  • Preensão (movimento de pinça)
  • Encaixe (enfiar, enroscar, abotoar, atar, perfurar, alinhar)
  • Cópias de objetos e gravuras 
  
Bibliografia
 
  1. ANTUNES. Orcezi e CHIODI. Célia Regina Benicci. Reeducação Visual. Curitiba, 1989. FCEE.
  2. ARIETA. Carlos Eduardo Leite e Colaboradores. Manual de Orientação. Veja Bem Brasil. Conselho Brasileiro de Oftalmologia, 1998. São Paulo.
  3. FCEE. Manual de orientação do teste de acuidade visual. Florianópulis, 1998. Impresso na IOESC.
  4. GASPARETTO. Maria Elizete R. F. e JOSÉ. Newton Kara. Entendendo a baixa visão. Orientações aos pais. Brasília, 2000, MEC/SEESP.
  5. http://www.intitutodecegos.org.br. Os cinco sentidos. Acesso em 2003.
  6. MANTOAN. Maria teresa Égler e Colaboradores. O acesso de alunos com deficiência às escolas e classes comuns da rede regular. Ministério Público Federal. 2ª ed. rev. e atualiz. Brasília, Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão, 2004.
  7. OLIVEIRA. Regina Carvalho de Salles e SAMPAIO. Marcos Wilson. JOSÉ. Kara Newton. Entendendo a baixa visão. Orietações aos professores. Brasília, 2000, MEC/SEESP.
  8. PADULA. Willian V. e SPUNGIN. Susan J. A criança visualmente incapacitada, do nascimento até a idade pré-escolar: a importância da estimulação visual apud http://www.ibc.gov.br/Paginas/cegueira/Artigo_19.htm
  9. DOMINGUES, Celma dos Anjos. A Educação Especial na Perspectiva da Inclusão Escolar : os alunos com deficiência visual: baixa visão e cegueira / Celma dos Anjos Domingues ... [et.al.]. - Brasília : Ministério da Educação, Secretaria de Educação Especial; [Fortaleza] : Universidade Federal do Ceará, 2010.

2 comentários:

  1. Gostei muito desse conteúdo! Tenho um aluno com baixa visão e às vezes fico meio que sem saber o que devo trabalhar com ele. Por isso, essa matéria será muito, muito útil!

    Agradeço demais!
    Abraços!

    Michele :)

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito também da máteria pois na minha sala tem uma aluna com baixa visão

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião: