quarta-feira, abril 17, 2013

TDAH- Distração ou falta de interesse?

"Não se trata de falta de interesse ou descaso, mas, sim, de uma deficiência, com explicações biológicas.
Inúmeros estudos científicos já demonstraram que o TDA/H sofre forte influência genética e está relacionado a uma alteração de neurotransmissores em determinadas regiões cerebrais, sobretudo daquelas responsáveis por funções executivas (Lóbolo Frontal) responsável por atividades de planejamento, organização, manejo do tempo, memória, capacidade de pensar antes de agir, controle das emoções, etc.
O objetivo fundamental das funções executivas é fazer com que o indivíduo tome decisões acertadas tenha iniciativa, atitude e motivação para atingir os objetivos planejados.
Se para os parceiros a convivência com o portador de TDA/H é desconfortável, para os portadores a situação também não é simples. Eles fazem um esforço sobre-humano para vencerem suas limitações e freqüentemente se sentem frustrados e deprimidos por não conseguirem corresponder às expectativas do parceiro.
O adulto TDA/H carece de compreensão e tratamento para adquirir recursos que o ajudem a se lembrar das coisas. Pressão e critica agravam ainda mais suas dificuldades. Paciência e flexibilidade são atitudes essenciais para quem é parceiro de um porador de TDA/H."

Trecho do artigo : TDAH adulto e problemas conjugais
link : http://www.ufrgs.br/psicoeduc/ed23/2013/02/04/tdah-adulto-e-problemas-conjugais/
 Fonte: 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião: