quinta-feira, setembro 19, 2013

Libras na família!



               O ser humano tem em sua essência a socialização, o convívio com os outros. E a família é o primeiro elo de ligação entre uma pessoa e a sociedade, pois é através dela, que desde a infância a pessoa é preparada para conhecer a vida social podendo integrar-se a ela de forma ativa. (ARIES, 1981).
            A linguagem é o elemento facilitador da compreensão do mundo para a criança. Crianças ouvintes e surdas possuem as mesmas características determinantes para seu desenvolvimento intelectual, afetivo e social. A linguagem, mesmo dentro da interação familiar, é ensinada e aprendida. Ao longo dos primeiros anos de desenvolvimento da criança, a mãe, o pai, e se houverem, irmãos, se comunicam entre si e repassam para esse novo membro a forma de comunicação utilizada pela família e na sociedade da qual faz parte.
            As relações que se estabelecem no convívio familiar norteiam toda a atividade de contato e de relacionamentos futuros. Através da linguagem aprendida, a criança, seja ela ouvinte ou surda expressa seus desejos, medos e necessidades. Desde o nascimento e por toda a nossa vida recebemos estímulos táteis, visuais, olfativos, gustativos e auditivos o tempo todo. Porém, o que se percebe nos educandos surdos atendidos no CEMESPI, é que há uma comunicação deficitária nas famílias dos mesmos. Essa comunicação “truncada” prejudica todo o desenvolvimento da linguagem, da significação de conceitos, da compreensão de regras da sociedade e de caráter.
            Nota-se que os educandos surdos que possuem falta de comunicação eficiente na família e falta de aceitação da sua língua (Língua Brasileira de Sinais), apresentam comportamento agitado, e essa falta de compreensão dos contextos vividos na família pode, por vezes desenvolver um transtorno de comportamento. Ferro (2009) propõe a necessidade de reconhecer a deficiência e buscar “o acesso a Língua de Sinais, por meio de interações sociais com as pessoas surdas, pode garantir práticas comunicativas apropriadas ao desenvolvimento pleno cognitivo e linguístico da criança surda”.
Expor uma criança surda a LIBRAS, desde a tenra idade, garantiria o direito a uma língua de fato, facilitaria o ensino do Português. O CEMESPI, tendo uma abordagem bilíngue, considera o que Andrade enfatiza: “dentro da proposta bilíngue, a Língua de Sinais é uma língua natural, adquirida de forma espontânea pela pessoa surda em contato com pessoas que as usam”.  A abordagem considera o desenvolvimento da Língua de Sinais como a primeira língua (L1) e o aprendizado da Língua Portuguesa como segunda língua (L2). Surdos adultos são participantes ativos no processo educacional de outras pessoas surdas (LODI e MOURA). Entretanto, ao defender a língua de sinais como primeira língua o autor não está afirmando que o desenvolvimento cognitivo depende exclusivamente do domínio de uma língua, mas crê que dominar uma língua garante melhor recurso para as cadeias neurais envolvidas no desenvolvimento dos processos cognitivos (FERNANDES apud FERRO).
     Dessa forma, Libras na família tem o objetivo de facilitar a comunicação do educando, proporcionando momentos de interação e inclusão.

Texto de:  Elisa Maganhoto/Prof.ª bilíngue do Cemespi

Confira o vídeo do educando que fala sobre esse assunto!


Um comentário:

  1. SOBRE ISSO,SEMPRE ME SENTI PREOCUPADA,COMO OUVINTE,MÃE DE SURDO,ME QUESTIONO TODO DIA A EXIGENCIA DA ORALIZAÇÃO POR PARTE DE ALGUMAS FAMÍLIAS,PARA AS CRIANÇAS SURDAS...SEGURO Q É MAIS CONFORTÁVEL,ELES APRENDEREM A FALAR,DO QUE EU QUE JÁ SOU ADULTA,NÃO TENHO TEMPO,NÃO VOU CONSEGUIR,ETC,ETC...ME DEDICAR E FAZER REALMENET CONTATO...SOU EXTRANGEIRA...NÃO FALO PORTUGUES DE NASCENÇA...O QUÉ TERIA SIDO DE MIM,SE NÃO VIESSE APRENDER A ME COMUNICAR...ENTÃO...POR QUÉ PRIVAR AS CRIANÇAS SURDAS DO CONVÍVIO,DO DIALOGO,DO ACONCHEGO DA FALA QUE REFERE AO AMOR,A CONFIANÇA,AO SEGREDO...PARA PENSAR...SOU FELIZ DE TODO DIA APRENDER COM MEU FILHO E COM SEUS AMIGOS...E VOU SEMPRE DEFENDER SEU DIREITO DE SER BILINGÜE...!!!PARABÉNS,PESSOAL DO CEMESPI PELO SEU TRABALHO...!!!

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião: